Jorge Ishida

Jorge Ishida

Médico-Cirurgião Plástico da Disciplina de Cirurgia Plástica da Universidade de São Paulo – USP

Doutor pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – USP

Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP

Membro da International Society of Aesthetic Plastic Surgeons – ISAPS

Membro emérito do Colégio Brasileiro de Cirurgiões – CBC

Membro do International College of Surgeons

 

 

Professor Jorge Ishida, segunda geração de imigrantes japoneses, sendo filho de Tadaiti Ishida e Itoe Ishida.

Tadaiti homem de grande inteligência, que emigrou da província de Aichi-Ken em 1928 com a idade de 18 anos no navio Santos-Marú. Apesar das dificuldades da época, a família Ishida se encontrava em boas condições financeiras, com várias propriedades em Toyohashi mantidas pela família até os dias atuais. Mesmo assim Tadaiti optou pela emigração para um país desconhecido abrindo mão das propriedades e do curso que freqüentava na Universidade de Nagoya.

Itoe Ishida veio ao Brasil trazida aos três anos pelo pai Sakiti Tamaki, originalmente carpinteiro e que havia participado da vitoriosa guerra do Japão contra a Rússia (Nitiru Senso) e pela mãe Hissa Tamaki, juntamente com um irmão agregado Zenozke no navio Teikoku Marú deixando aprovíncia de Mie-ken em 1913. No Brasil Sakiti e Hissa tiveram mais 6 filhos. O mais velho Kioshi Tamaki, grande atleta, foi recordista brasileiro de arremesso de peso e o mais famoso lutador de Sumô da década de 1940. O segundo filho, Tadashi Tamaki, tornou-se o segundo nissei professor titular da Universidade de São Paulo, na Faculdade de Odontologia, alem de ser o presidente da Confederação Nacional e Internacional de Kendô (Arte marcial japonesa), tendo recebido inúmeras homenagens nacionais e internacionais tanto no âmbito acadêmico como no esportivo.

O casal Tadaiti e Itoe saíram da cidade de Promissão, fixando-se em Pompéia com uma fazenda, inicialmente produzindo algodão e posteriormente concentrando-se na pecuária. Tiveram ao todo 10 filhos, todos com formação universitária, sendo o mais novo, Akira Ishida, atual professor titular de Ortopedia da Escola Paulista de Medicina (UNIFESP).

Jorge Ishida, o terceiro filho do casal, ingressou na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1958, graduando-se em 1963. Completou a residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas desta mesma instituição, concluindo ainda sua tese de doutorado em 1971 também na Faculdade de Medicina da USP. Chefiou o serviço de Deformidades Urogenitais na Disciplina de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e posteriormente chefiou o serviço de Cirurgia Plástica na Disciplina de Otorrinolaringologia deste mesmo hospital. Atualmente é o chefe do grupo de nariz da Disciplina de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Alem da grande carreira acadêmica, dedicou-se com grande sucesso a sua clínica particular auferindo prestígio e grande clientela.

Casado com Araci Tino Ishida, teve 2 filhos, Luiz Carlos Ishida e Luis Henrique Ishida. O primogênito, Luiz Carlos, cirurgião plástico, formado médico pela Escola Paulista de Medicina, com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP alem de mestrado e doutorado pela mesma instituição. Atua como médico assistente da Disciplina de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina da USP, tratando deformidades adquiridas e congênitas junto à Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e no Grupo de Nariz da Disciplina de Cirurgia Plástica, alem de atuação no ensino da graduação e treinamento dos residentes de Cirurgia Plástica.

O segundo filho, Luis Henrique, também médico e cirurgião plástico, com toda formação na Faculdade de Medicina da USP, incluindo aí, a graduação, residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica alem de mestrado. Atua na cirurgia plástica estética e reparadora desenvolvendo vários trabalhos, muitos deles premiados alem de participar no treinamento de médicos e residentes do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.